(88) 3085.3003 / 3587.1465   (88) 9.8843-0127

Ceratocone

Conheça mais sobre o Ceratocone


            O Ceratocone é uma ectasia corneana, doença ocular não inflamatória que afeta o formato (em cone) e a espessura (afinamento) da córnea. A evolução do ceratocone é quase sempre bilateral e progressiva apresentando  visão distorcida e fotofobia. 

            Na sua fase inicial, o ceratocone apresenta-se com o aumento do astigmatismo irregular e miopia. Há troca o grau do astigmatismo com frequência e o diagnóstico desta patologia é feito com base nas características clínicas e com exames complementares como a retinoscopia, topográfica corneana e a paquimetria ultrassônica.

Saiba quais são os sintomas desta doença


           O principal sintoma é a visão borrada e distorcida tanto para longe quanto para perto e que não se resolve mais com os óculos. Alguns podem relatar diplopia (visão dupla) ou poliopia (percepção de várias imagens de um mesmo objeto), halos em torno das luzes e fotofobia (sensibilidade excessiva à luz).

Cone Redondo (Nipple Cone)
Consiste de uma pequena ectasia próxima do centro, menor do que 5 mm de diâmetro cercada quase 360º de zona intermediária de córnea normal; presença ocasional de um nódulo fibroblástico elevado no ápice da córnea, daí o nome de ceratocone em bico (nipple).

Cone Oval (Sagging Cone)
É a forma mais comum de ceratocone avançado. O ápice corneal apresenta-se deslocado abaixo da linha mediana, resultando em graus variados de encurvamento na zona mediana periférica inferior. Esse deslocamento da córnea inferior cria uma ilha de córnea superior normal ou mais plana do que a normal, de praticamente 180º.

Cone Globoso (Globus Cone)
É a forma de cone que abrange quase 3/4 da superfície corneal. Diferente da forma avançada do ceratocone em bico ou do oval, o globoso não tem ilha de meia periferia de córnea normal, acima ou abaixo da linha mediana.

Cone Indefinido
Quando não pode ser enquadrado nas descrições anteriores.

Como é definido o diagnóstico


O diagnóstico definitivo do ceratocone é feito com base nas características clínicas e com exames objetivos como a topografia, paquimetria e tomografia corneana. 

         O paciente normalmente inicia melhorando a qualidade visual usando óculos e lentes de contato rígidas corneanas e depois lentes de contato escleral.

         O tratamento, propriamente dito, é o Cross-linking, o Anel de Ferrara e o transplante corneano.

          Todos esses tratamentos você encontra aqui no Centro Cearense de Tratamento do Ceratocone.


O Centro

           Ceará agora pode contar com um centro completo e especializado para prevenção, diagnóstico e tratamento do ceratocone.
      O Centro Cearense de Tratamento do Ceratocone nasceu da necessidade de oferecer o tratamento mais adequado ao portador de ceratocone, problema ocular que afeta a vida de milhares de cearenses. Agora no Cariri, o portador de ceratocone tem ao seu alcance toda a infraestrutura humana e física necessária para seu acompanhamento e tratamento com segurança e modernidade.
           Localizado ao lado da tradicional Oftalmo São José e Clínica Hospitalar São José.

Novidades



Centro Cearense de Tratamento do Ceratocone

        Clínica especializada que oferece o que há de mais moderno em oftalmologia focando sempre em qualidade e atendimento criterioso de cada paciente. 

         Anexo a Clinica Hospitalar São José no centro do Juazeiro do Norte-CE, dispõe de uma ampla rede de convênios e serviços para prevenção, diagnóstico e tratamento clínico e cirúrgico do ceratocone.

/

Conheca o Ceratocone

       Ceratocone é uma doença ocular não inflamatória caracterizada pelo afinamento e protusão da córnea central e/ou paracentral. Provoca baixa visual progressiva e aumento da sensibilidade ocular.
       Dr. Dalton Barbosa se atualiza com palestrantes internacional e discute casos com Dr. Paulo Ferrara inventor do anel de Ferrara (anel intraestromal). 

CONFIRA NOSSOS SERVIÇOS

   Dr. Dalton Barbosa participa ativamente do Congresso de Oftalmologia da USP em novembro de 2018. Nessa ocasião, participou de vários cursos e palestras sobre as novidades do tratamento e acompanhamento do ceratocone para oferecer mais segurança, conforto e visão ao paciente da região do Cariri.

/

Tipos de tratamentos


       O tratamento do ceratocone visa sempre proporcionar uma boa visão ao paciente, bem como garantir seu conforto na utilização dos recursos que serão empregados e principalmente preservar a saúde da córnea. As alternativas de tratamento são avaliadas nesta ordem: óculos, lentes de contato, cross-linking, anel de ferrara e transplante de córnea.

       

Óculos


Os óculos são acessórios ópticos utilizados para a compensação de ametropias (astigmatismos, miopia e hipermetropia) oferecendo melhora visual e/ou proteção dos olhos.

Lentes de contato


As lentes de contato rígidas gás-permeáveis são órteses que regularizam a superfície anterior da córnea diminuindo as aberrações visuais proporcionando conforto e melhora visual.

Lentes Esclerais

Elas se adaptam às diversas irregularidades da superfície corneana com perfeita estabilidade, proporcionando verdadeiro conforto ao olhos, indicada para a correção de aberrações visuais diversas.

Lentes Esclerais podem ser utilizadas com sucesso para a reabilitação visual e gerenciamento do astigmatismo irregular devido a inúmeras causas como: ceratocone, ceratoglobo, pós-transplante, trauma, entre outras ectasias.

Crosslinking


Age interrompendo a progressão do ceratocone (ectasias corneanas) utilizando riboflavina (vitamina B2) associada à luz ultravioleta para enrijecer o tecido corneano. O tratamento consiste em aumentar o número de ligações entre as fibras de colágeno da córnea doente, criando uma estrutura mais rígida. Estudos realizados mostram uma estabilização da progressão do ceratocone em mais de 90% dos casos.

Transplante de córnea 


Procedimento cirúrgico no qual uma córnea doente é substituída por outra saudável de um doador. É o transplante de órgãos mais realizado no mundo e também o de maior sucesso.

Anel de intraestromal (Ferrara e Keraring)


O anel intraestromal é uma órtese de formato semicircular, de espessuras variáveis, com 5 ou 6 mm de diâmetro, confeccionada como o mesmo material utilizado na confecção de lentes intra-oculares. Ele é perfeitamente tolerado pelo organismo e é o mais moderno e seguro tratamento para o ceratocone.

O implante de anel de Ferrara é indicado, principalmente aos portadores de ceratocone em evolução de qualquer faixa etária, intolerantes a lentes de contato, ou com distorções acentuadas da córnea, como ocorre após o transplante.

40 opções de espessuras, longitudes de arco e diâmetros, permitindo maior customização do remodelamento corneano e da correção refrativa.

CONTATO

Entre em contato e esclareça suas dúvidas

CONTATO

(88) 3085.3003 / 3587.1465

(88) 9.8843-0127

oftalmosj@hotmail.com

ENDEREÇO

Rua São José, 798, 4ºAndar

Anexo a Clínica Hosp. São José

Centro

Juazeiro do Norte - Ceará


63010-032